Two roads

30 Janeiro 2007

Referendo

Passo a tecer a minha posição acerca do referendo do próximo dia 11.

Este é um tema sensível, que nos divide profundamente - à vista está a guerra civil que por aì anda - pelo que acho que é fundamental perceber e respeitar opções diferentes das nossas.

Como todos tenho a minha opção. E face à pergunta que é colocada:

"Concorda com a despenalização da interrupção voluntária da gravidez, se realiza, por opção da mulher, nas primeiras dez semanas, em estabelecimento de saúde legalmente autorizado?"

respondo inequívocamente que "Não".

Há várias razões de fundo que nem importa muito escalpelizar face aquela que à partida não me deixa qualquer dúvida: eu ainda sou daqueles velhos do restelo que acha que a opção, a existir, nunca seria da mulher, mas também do homem e na mesma medida.

2 Comments:

Enviar um comentário

<< Home